sábado, 24 de abril de 2010

Parabéns Mario "Sabão" Medeiros - Vencedor do Triatlo Peter Café Sport 2010

É sem dúvida a prova desportiva Açoriana com maior dureza e considerada a mais radical a nível nacional, os atletas percorrem 12 milhas naúticas em Windsurf, 40 Km em BTT e para finalizar fazem mais 5 milhas em Kayak, ligado assim, três das nove ilhas dos Açores.


Foto: O percurso inter ilhas que os atletas realizaram


Foto: Mário Medeiros (Sabão), vencedor do Triatlo Peter Café Sport 2010

Foto retirada daqui


"A prova de Windsurf - 1.ª etapa -, disputa-se num percurso de 12 milhas náuticas, ligando as Velas de São Jorge ao Cais do Pico, com partida marcada para as 11h00,
proporcionando aos atletas a travessia do canal frequentado por golfinhos, baleias e... tubarões.

2.ª etapa - prova de BTT - com ligeira alteração do percurso habitual, numa distância de 40 km, levando os concorrentes a desfrutarem das belezas ímpares destas paisagens açorianas, proporcionadas pelas ilhas do Triângulo: Faial, Pico e S. Jorge.

Finalmente, a prova de kayak - 3.ª etapa - parte do Porto da Madalena até ao Faial, atravessando as águas do Canal, imortalizadas por Vitorino Nemésio no seu livro "Mau Tempo no Canal", com chegada à meta no porto da Horta, em frente ao Café Sport.

Na edição deste ano, estão inscritos 22 atletas provenientes Portugal Continental e Açores, com destaque, para as presenças dos atletas continentais Bruno Bertolo e Rui Câncio, (vencedores de edições anteriores), e Mário Medeiros (Sabão), o atleta açoriano que melhores classificações tem conseguido, até ao momento, nesta prova. "


Sem comentários:

Publicar um comentário

Por opção editorial, o exercício da liberdade de expressão é permitido, excluindo,todos os comentários anónimos com linguagem inapropriada, considerada abusiva, que serão imediatamente apagados. Nas caixas de comentários abertas ao público disponibilizadas pelo Wave Riders Açores em www.waveridersacores.com. Os textos aí escritos podem, por vezes, ter um conteúdo susceptível de ferir o código moral ou ético de alguns leitores, pelo que o Wave Riders Açores não recomenda a sua leitura a menores ou a pessoas mais sensíveis.

As opiniões, informações, argumentações e linguagem utilizadas pelos comentadores desse espaço não refletem, de algum modo, a linha editorial ou o trabalho do Wave Riders Açores.

O Wave Riders Açores reserva-se o direito de proceder judicialmente ou de fornecer às autoridades informações que permitam a identificação de quem use as caixas de comentários em www.waveridersacores.com para cometer ou incentivar atos considerados criminosos pela Lei Portuguesa, nomeadamente injúrias, difamações, apelo à violência, desrespeito pelos símbolos nacionais, promoção do racismo, xenofobia e homofobia ou quaisquer outros.