sexta-feira, 30 de julho de 2010

E-mail enviado à Presidencia do Governo Regional dos Açores por um leitor do Surf Total


Mail enviado: Data: 27 de Julho de 2010 12:47 Assunto: SOS Rabo de Peixe Para: governoregional@azores.gov.pt Bom dia, Vinha por este meio solicitar que seja revista a ampliação do porto de Rabo de Peixe e que verifiquem se a mesma irá inviabilizar a prática de desportos de ondas a dezenas de surfistas e bodyboarders de todo o mundo que, durante todo o ano se dirigem àquele local. O Turismo aliado á prática de desportos de ondas já desenvolveram e continuam a desenvolver zonas em todo o mundo incluindo Portugal, trazendo desenvolvimento e troca de culturas. Solicito que vejam o exemplo de Peniche "capital da onda" e arquipelagos como o Hawaii ou a Indonésia que deste genero de turismo e aproveitamento das excelentes condições para a prática dos chamados desportos de ondas, têm ficado celebres e conhecidos em todo o mundo. Espero que os dirigentes de Portugal continental e Ilhas, se lembrem que fomos e queremos continuar a ser "Herois do mar" e não "Profectas do desperdicio e estupidez". Desde já o meu obrigado e espero que salvem e protejam o que é nosso por direito, o nosso mar, as nossas ondas!! Com os melhores cumprimentos Paulo Vicente
Comentário retirado do Surf Total

quinta-feira, 29 de julho de 2010

COMUNICADO SOS SALVEM O SURF

"É importante notar que o SOS nunca terá força para tentar resolver problemas sem o empenho e a unanimidade dos surfistas e banhistas locais. Já desistiu de causas justas por os surfistas estarem divididos ou desinteressados. Por outro lado o SOS Salvem o Surf é uma associação não radical, que pretende preservar e potenciar o desenvolvimento do surf. Caso estas duas condições estejam satisfeitas, da unanimidade e da não radicalidade, o SOS fará tudo o que puder para ajudar os surfistas.
Neste caso o SOS Salvem o Surf foi, em parte, apanhado desprevenido, pois o nome e o logo do SOS foram utilizados sem nós sermos consultados. Assim pedíamos aos surfistas para, em ocorrências futuras, nos contactarem e consultarem previamente. Presentemente o SOS tem uma equipa de Hidráulica e uma equipa de Ambiente que são as melhores das nossas associações de surfistas, e que são de grande valor quando a praias do surf estão em perigo. Também tem uma imagem forte, com o seu logo muito apelativo, e uma experiência ímpar no salvamento de ondas.
O nosso contacto pode ser encontrado no site (em actualização) http://salvemosurf.org/sos/?page_id=13
Mas o SOS tem vindo a acompanhar a questão do Rabo de Peixe. O pico triangular do Rabo de Peixe situado no meio da Baía de Rabo de Peixeera a melhor onda de São Miguel, uma excelente escola para o surf power que caracteriza os surfistas das ilhas, um pico muito consistente que apresentava frequentemente ondas de 4m (em medidas surfistas) com uma boa parede tanto para a esquerda como para a direita. Ora esse pico já desapareceu há cerca de uma década com a construção do novo molhe do Porto de Pesca. Na altura, o interesse económico e social do porto de pesca sobrepôs-se ao valor do surf. Entretanto os pescadores continuaram insatisfeitos com o Porto que não correspondeu às expectativas dos mesmos. Ainda resta outra onda, a Esquerda da Polícia junto à arriba do lado Poente da baía, um point break de ondas grandes.
O SOS fará o que puder para apoiar o movimento de surfistas de Rabo de Peixe, http://waveridersacores.blogspot.com/ desde que, em parceria com o SOS, e salvaguardando as condições da unanimidade e a não radicalidade do movimento. Recordamos que o SOS tem sócios que pertencem às diversas associações de surfistas açorianos.
Assim, o SOS já está a preparar um relatório técnico, sendo o primeiro autor João Brilhante. Se tivermos energia suficiente neste período de férias, incluiremos possivelmente com os seguintes capítulos:
1- o surf no rabo de peixe (a - hidrodinâmica e b - sociedade)
2- melhorar a navegabilidade do porto
3- melhorar o surf e o porto

João Brilhante tem vindo a propor soluções para o Porto de Rabo de Peixe, melhorando a respectiva navegabilidade e também melhorando o surf. João Brilhante apresentou na última 7th International Surfing Reef Symposium 2010 na Austrália http://www.surfingramps.com.au/SurfingSymposium.htm uma palestra (em co-autoria com Nuno Cardoso e Pedro Bicudo) "Surf & Harbour Protection Reef, Mosteiros Azores", dedicada ao surf e à navegabilidade dos Mosteiros, também na Ilha de São Miguel.

O Sos Salvem o Surf"
Desde já o Wave Riders Açores lamenta qualquer transtorno causado pelo uso do logo SOS Salvem o Surf

"Surfistas apelam ao equilibrio"

Clica na imagem para ampliar e ler
Notícia publicada no Açoriano Oriental de 29-07-2010

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Comunicado da USBA


Ponta Delgada, 26 de Julho de 2010

COMUNICADO

Desportos de ondas na baía de Rabo de Peixe
Tendo tomado conhecimento da sessão publica de apresentação das obras de ampliação do Porto de Pescas de Rabo de Peixe, levada a cabo pelo Governo Regional dos Açores, com a presença de S. Exa. o Presidente do Governo e representantes da comunicada piscatória local, a Direcção da USBA – União de Surfistas e Bodyboardes dos Açores vem, por este meio, alertar a opinião pública e os agentes envolvidos para o facto da baía de Rabo de Peixe ser um dos mais importantes locais para a prática de desportos de ondas na Ilha de São Miguel e na Região.
Na zona poente da baía da Rabo de Peixe existe uma das mais importantes ondas da ilha de São Miguel, uma vez que se trata de um dos poucos locais da ilha que permite a pratica segura de desportos de ondas com ondulações superiores a três metros, o que faz deste local um dos mais importantes pontos na dinâmica dos locais próprios para a prática dos desportos de ondas na costa norte da ilha de São Miguel durante a época de inverno. Importa ainda lembrar que aquela que era considerada uma das melhores ondas dos Açores, a onda do centro da baía, foi já permanentemente destruída pelas obras da primeira ampliação daquela infra-estrutura portuária.
A USBA apoia e defende as justas reivindicações e aspirações da comunidade piscatória da Vila de Rabo de Peixe, bem como aplaude as intenções do Governo Regional em providenciar modernas e seguras condições de trabalho para os pescadores locais. No entanto, tendo em conta a importância cada vez maior que os desportos de ondas têm para o desenvolvimento socioeconómico das comunidades locais e da Região, quer pela prática saudável de actividade física quer como importante cartaz turístico, a USBA apela a todas as entidades envolvidas nesta questão que encontrem uma solução de equilíbrio que possa ir de encontro aos interesses dos envolvidos, mas que ao mesmo tempo possa salvaguardar os interesses ambientais e desportivos representados pelos praticantes de desportos de ondas dos Açores e daqueles que nos visitam. Gerando desenvolvimento mas protegendo também um importante património natural da região.
A Direcção da USBA

Inscrições para 1.ª Etapa do Nacional de Bodyboard


Avisa-se os interessados que estão abertas as inscrições para a 1.ª Etapa do Nacional de Bodyboard, que irá decorrer entre 6 e 8 de Agosto no Areal de St.ª Bárbara, São Miguel. As inscrições encerram no próximo dia 3 de Agosto. Inscrição aqui

terça-feira, 27 de julho de 2010

Dias assim poderão deixar de existir em Rabo de Peixe

Foto: No momento em que a foto foi captada estavam na água o Ricardo Moura (Bodyboarder e actual Campeão de Rallys dos Açores) e Vasco Moniz (Surfista)
(Clica na imagem para ampliar e ver)
Mais informação aqui .

segunda-feira, 26 de julho de 2010

SOS DESPORTOS DE ONDAS EM RABO DE PEIXE


Neste momento é importante saber qual irá ser a tomada de posição dos clubes e associações com responsabilidades nos desportos de ondas em São Miguel e mesmo nos Açores. Por isso os associados desses mesmos clubes e associações devem solicitar aos seus dirigentes associativos quais serão as medidas que vão providenciar para tentar evitar a extinção dos desportos de ondas em Rabo de Peixe.

Nova Ampliação do Porto de Rabo de Peixe não convence os Pescadores



Regional 2010-07-25 16:02
O presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, apelou hoje ao envolvimento dos pescadores de Rabo de Peixe na procura da melhor solução para a ampliação do porto de pesca desta vila da costa norte de S. Miguel.
“Queremos que seja feito o que os pescadores achem melhor para a segurança e qualidade do seu trabalho”, afirmou Carlos César, frisando que “com a ajuda dos pescadores teremos uma obra melhor”. O presidente do executivo açoriano revelou que estão destinados 12 milhões de euros para esta obra, que se pretende que venha a criar “o melhor porto de pesca virado a norte nos Açores”. Para isso, defendeu ser necessário conciliar os conhecimentos técnicos dos engenheiros e arquitectos com “a experiência da vida” dos pescadores, apelando à “humildade de ambas as partes” envolvidas neste processo. Carlos César falava em Rabo de Peixe na sessão de apresentação do projecto preliminar de ampliação do porto de pesca, que originou algumas críticas e dúvidas entre os pescadores presentes. O projecto preliminar baseia-se na construção de um molhe por dentro do actual, que será prolongado e alteado, criando duas bacias interiores protegidas do mar. Apesar das explicações técnicas que foram apresentadas, a solução defendida, que resultou do estudo de três alternativas, num total de 11 variantes, não convenceu os pescadores locais. A localização do novo molhe interior, a altura do actual molhe e a questão da segurança na entrada do porto foram alguns dos problemas levantados pelos pescadores, a maioria dos quais não se mostrou favorável à opção apresentada pelo arquitecto Silveira Ramos. O projecto preliminar hoje apresentado aos pescadores pretende aumentar a segurança dos pescadores na entrada e saída do porto, criar mais postos de estacionamento no interior do porto e garantir que as embarcações podem permanecer na água durante todo o ano. Silveira Ramos recordou, no entanto, que o porto de Rabo de Peixe se situa numa “zona difícil”, onde rebentam ondas com 13 metros em dias de tempestade, frisando que “não há milagres”. “Este porto é especialmente perigoso nas condições de entrada, não vou ‘vender banha da cobra’ e dizer que vão passar a entrar sem perigo nenhum”, afirmou. Carlos César quer que os pescadores se envolvam na procura da “melhor solução”, admitindo que este período de discussão se prolongue até ao final do ano, para que o concurso possa ser lançado no início de 2011 e as obras ainda arranquem no próximo ano. A vila de Rabo de Peixe é uma das mais importantes comunidades piscatórias dos Açores, com cerca de sete dezenas de embarcações que se dedicam a esta actividade.
Lusa/AO online
Seria de todo pertinente que os clubes e associações de desportos de ondas dos Açores também fossem tidos e achados neste projecto, podendo assim, chegar-se a uma solução consensual que fosse conveniente para todos os que usufruem daquele local.

sábado, 24 de julho de 2010

SOS Rabo de Peixe - Porto irá ser ampliado


Porto de Rabo de Peixe vai ser ampliado

O Governo regional vai amanhã a Rabo de Peixe discutir com os pescadores locais o estudo prévio de ampliação do porto de pesca, um projecto que deverá ficar concluído ainda durante este ano.
A garantia foi dada pelo próprio Presidente do Governo regional,depois da reunião do Conselho de Governo com o executivo camarário da Ribeira Grande. Carlos César reconheceu que, na altura, as obras feitas foram as "necessárias e adequadas", mas que volvida menos de uma década e depois de 9 milhões de euros de investimento, aquela infraestrutura portuária da costa norte da Ilha de São Miguel, apresenta alguns constrngimentos.
A ondulação na bacia do porto, a pequenez do cais de acostagem, a lota e a zona de parquemaneto das embarcações e o reforço do actual molhe de protecção, são aspectos que o executivo quer corrigir em nome de uma maior eficácia do porto.
No final da reunião entre Governo e autarquia, Carlos César anunciou ainda para Agosto o lançamento do concurso para a construção da nova Escola Básica e Integrada Gaspar Fructuoso, que receberá 1500 alunos, permitindo o "desanuviamento" da actual Secundária da Ribeira Grande, e cujo investimento rondará os 14,5 milhões de euros.
O Presidente da Câmara da Ribeira Grande ficou satisfeito com os anuncios do Governo e, na ocasião, ressalvou a importãncia da linha de crédito disponibilizada pelo executivo para poder pagar, a tempo e horas, aos fornecedores.
Esta foi a segunda reunião do executivo com as autarquias. Depois da Lagoa e Ribeira Grande, seguem-se reuniões com os dois concelhos da Terceira , Angra do heorismo e Praia da Vitória , e com a Câmara da Horta, sendo que o executivo garantiu já que também reunirá com os restantes 4 municípios de São Miguel.
Carmo Rodeia




Está na hora dos clubes, associações, surfistas e bodyboarders açorianos partirem para a acção. Podem colaborar, enviando um email para a presidência do governo (governoregional@azores.gov.pt), solicitando uma explicação sobre esta ampliação do porto de Rabo de Peixe e se a mesma irá inviabilizar a práctica de desportos de ondas a dezenas de surfistas e bodyboarders de todo o mundo que, durante todo o ano se dirigem àquele local. Não fiques a dormir, passa já à acção. O Wave Riders Açores já começou a dar o seu contributo, com a criação do sinal SOS Rabo de Peixe, que poderá ser util para para fazer autocolantes, posters, cartazes, colocar em sites e blogues ou para qualquer outra coisa que alerte para evitar a "morte" definitiva do que resta de uma das melhores ondas de São Miguel.


"If we dont take action now we settle for nothing later"

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Seeding da competição feminina do Azores Islands Pro 2010


Dá um check no seeding da competição feminina aqui:
http://www.aspworldtour.com/alhunt/files/2010wqevt07.xls

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Praias dos Açores têm água de qualidade

Foto de Eduardo Costa
As águas das zonas balneares dos Açores apresentam “qualidade compatível” com a sua utilização pelos banhistas, revelam os dados das duas primeiras campanhas de amostragem realizadas este ano, divulgados esta quarta-feira pela Secretaria Regional do Ambiente e do Mar.
O programa de monitorização da qualidade das águas balneares, orçado em 35 mil euros, abrange as 53 zonas costeiras identificadas no arquipélago dos Açores, bem como outras áreas identificadas nos planos de ordenamento da orla costeira em vigor.
As águas balneares, segundo a legislação comunitária, devem ser avaliadas mensalmente no que se refere a parâmetros microbiológicos e à presença de resíduos de diversas origens.
As duas primeiras campanhas de amostragem realizadas este ano envolveram a realização de 186 análises, tendo sido apenas detectada qualidade insuficiente na Praia dos Pelames, no concelho da Povoação, em S. Miguel.
O problema ocorrido nesta praia foi registado em Maio, antes do início da época balnear, encontrando-se a situação resolvida, pelo que não existem riscos para a saúde pública, segundo a nota divulgada pela Secretaria Regional do Ambiente e do Mar.
O arquipélago dos Açores possui 53 zonas costeiras identificadas como sendo adequadas para a prática balnear, entre as quais 28 receberam este ano a distinção da Bandeira Azul.
A maior parte destas áreas balneares encontram-se nas ilhas de S. Miguel (16) e Terceira (15), estando as restantes distribuídas pelo Faial (5), Pico (4), Santa Maria (4), S. Jorge (3) e Graciosa (3).
No grupo de ilhas mais afastadas, as Flores têm duas zonas balneares identificadas e o Corvo apenas uma.
Lusa / AO online

terça-feira, 20 de julho de 2010

Areal de St.ª Bárbara com zonas de Risco


A Secretaria Regional do Ambiente e do Mar assinalou cerca de meia centena de locais em áreas balneares dos Açores onde existe perigo de deslizamento de terras, queda de blocos e invasão pela água do mar.
A medida insere-se numa campanha em curso para prevenção dos riscos existentes em diversas zonas balneares açorianas, que inclui a distribuição de panfletos, colocação de placas de aviso e delimitação de espaços com vedações em corda.
“Trata-se de sensibilizar os cidadãos para os perigos naturais que ameaçam diversas zonas balneares do arquipélago, numa altura em que a afluência de pessoas a essas áreas de lazer conhece um aumento significativo, o que potencia o risco de acidentes”, afirmou Álamo Meneses, secretário regional do Ambiente.
Álamo Meneses recordou que o último inverno “deixou importantes marcas na orla costeira”, admitindo que existem várias arribas onde podem ocorrer deslizamentos de terras.
Para garantir a segurança das pessoas, foi realizada uma vistoria a todas as áreas classificadas como zonas balneares nos Açores, tendo sido também vistoriados outros locais que, apesar de não terem essa classificação oficial, são habitualmente utilizados pelos banhistas.
Lusa / AO online

Vídeos : Ben Player - O melhor de 2009 e 8team net

Teaser for TWOZEROZERONINE Movie from Ben Player on Vimeo.

Fonte: http://bodyboardnorthperuhome.blogspot.com

8TEAM JUNE 2010 (made in portugal) from 8teamtv on Vimeo.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

... na Costa Norte (19jul2010)

Entrevista a Pedro "Pedrim" Correia - Grande promessa do Wave Riding Açoriano



Foto: Pedrim num potente Invert
Fotos retiradas do blogue do Pedrim


Como é que começaste a fazer Bodyboard?
Iniciei-me no bodyboard como a maioria de todos os bodyboarders, num daqueles dias de Verão no Pópulo mais o meu primo Diogo “Garoupa” com uma prancha de esferovite comprada no Hipermercado.

A nível competitivo tens apresentado bons resultados, neste momento és líder do circuito CNPDL. Quais são os teus objectivos a nível competitivo?
Sim, o meu objectivo principal é divertir-me ao máximo e poder estar pelo menos presente no pódio

Quem são os teus patrocinadores? Tens tido um bom apoio por parte destes?
Neste momento tenho o patrocínio da Choose que é uma marca de roupa portuguesa e tenho o apoio do Espaço Azul, todo o apoio que me dão seja muito ou pouco já ajuda.

A etapa açoriana do nacional de BB está ai à porta, quais são as tuas expectativas para essa prova?
As minhas expectativas são chegar o mais longe possível, que corra melhor que o ano passado, aprender, divertir-me e fazer novas amizades.

Na tua opinião, quais os Bodyboarders Açorianos que poderão apresentar melhores resultados nesta etapa do nacional?
Eu aposto no Rodrigo Rijo, mas também há muitos outros que estão em forma como é o caso do Caveira e do Ivo.

O que é que falta, na tua opinião, para que mais Açorianos vão competir ao continente e mesmo ao estrangeiro?
Falta mais apoio financeiro por parte dos clubes e associações e também que estas instituições tenham uma visão mais ampla pela parte de como está a evolução do bodyboard nos Açores comparado com o surf.

Que manobras ditas da nova geração tens andado a treinar?
Tenho treinado mais backflips para a direita, ultimamente não tem havido ondas “power” para treinar novas manobras, sendo assim tenho aproveitado para aperfeiçoar algumas manobras.

Tens algumas preocupações ecológicas com o meio ambiente? se sim quais?
Sim tenho, sempre que algum amigo meu mete lixo para o chão obrigo-lhe a ir juntar eheheh e normalmente quando vou surfar guardo o lixo na mochila para depois por no seu devido sitio.

Os Bodyboarders e Surfistas frequentam as praias durante todo o ano, achas que as nossas praias estão bem cuidadas ou ainda há muito trabalho a fazer?
Ainda há muito trabalho a fazer, principalmente na praia do Monte Verde.

Que músicas ouves antes e depois do surf?
Gosto sempre de ouvir uma música mais mexida, um Metalzinho para dar pica.

Uma mensagem para os leitores do Wave Riders Açores.
Desde já agradeço ao Rui pelo convite desta entrevista, que continues com o óptimo trabalho e a todos os leitores deste blogue quero dizer, experimentem fazer bodyboard antes de desvalorizá-lo.

Jordy Smith ganhou em casa e dificulta a revalidação do 10º título de Kelly Slater


Top 10 depois de J-Bay

1. Jordy Smith (ZAF) 28500 pts
2. Taj Burrow (AUS) 24750 pts
3. Kelly Slater (USA) 23500 pts
4. Dane Reynolds (USA) 20000 pts
5. Adriano de Souza (BRA) 19500 pts
6. Mick Fanning (AUS) 19250 pts
7. Bede Durbidge (AUS) 18750 pts
8. Bobby Martinez (USA) 16500 pts
9. Jadson Andre (BRA) 16000 pts
10. Joel Parkinson (AUS) 14750 pts

sexta-feira, 16 de julho de 2010

O quiver que Kelly Slater está a usar em J- bay

Numa primeira vista desta 1.ª fotografia, parece que Slater levou uns skates para J-Bay.


From Left to Right:
1.5′11″ x 18 ¼” x 2 ¼” Tangent rounded pin nicknamedTangerine Dream”.
2.5′11″ x 18 3/8″ x 2 ¼” Tangent rounded pin nicknamed “J Bay Speed Machine”.
3.5′9″ x 18 1/4″ x 2 1/4″ Semi-Pro rounded pin.
4.5′9″ x 18 1/4″ x 2 1/4″ Semi-Pro half moon tail nicknamedSemi Bro”.
5.5′9″ x 18 1/4″ x 2 1/4″ Semi-Pro squash tail.


Fonte e imagens: http://blog.cisurfboards.com

Wildcards para o Azores Island Pro ou para o São Miguel Island Pro?


Atendendo ao nome dado ao wqs e considerando a pertinência dos comentários que estão a ser feitos, uns posts mais abaixo, seria muito interessante que a organização do evento entregasse algum wildcard a um outro surfista de outra ilha do nosso arquipélago, se não corre-se o risco, como foi referido e bem por um anónimo, deste WQS poder perfeitamente chamar-se São Miguel Island Pro.
É preciso não esquecer que uma maior diversificação da participação de surfistas de outras ilhas do nosso arquipélago, trará a este evento, uma melhor representatividade do surf açoriano e concomitantemente contribuirá como factor de união e de mobilização de outros surfistas e adeptos da modalidade por estes Açores fora.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Um swell sólido a caminho de J-Bay

Com esta previsão, o Billabong Pro J-Bay, deverá ser um campeonato com ondas promissoras, antevendo-se um bom espectáculo por parte de alguns dos melhores wave riders do mundo.

Fonte e imagem: Surfline

Trailer do filme de Amaury Lavernhe - Muito Bom

Não é por acaso que Amaury Lavernhe está, este ano, bem perto de se tornar campeão mundial. Fiquem com o trailer do seu filme - Osmoz

terça-feira, 13 de julho de 2010

... na Costa Sul (11jul2010)







Billabong Azores Islands Pro presented by Nissan


Estatuto Prime entregue pela primeira vez a uma prova portuguesa

O Billabong Azores Islands Pro presented by Nissan é uma das provas mais importantes do circuito mundial de surf e realiza-se nas ondas da Ribeira Grande, ilha de S. Miguel, nos Açores, entre os dias 10 e 15 de Agosto próximos.
Esta será a vigésima oitava etapa do circuito mundial de surf de qualificação deste ano – com seis estrelas de pontuação – mas apenas a quinta (de um total de nove) com o estatuto Prime.
Será assim a primeira prova alguma vez realizada em Portugal com este estatuto, atribuído pela Association of Surfing Professionals (ASP – a entidade que rege o surf profissional em todo o mundo), um atestado de qualidade ao evento e garantia de boas ondas para os surfistas, que muito nos deve encher de orgulho.
Com 145.000 dólares de prize-money e 6500 pontos para o ranking do vencedor, o Billabong Azores Islands Pro presented by Nissan 2010 será essencial para os melhores surfistas do mundo, uma vez que oferece uma pontuação extremamente atractiva numa época do ano essencial para a sua afirmação no ranking mundial.
Por isso, o Billabong Azores Islands Pro presented by Nissan 2010 contará com a presença de muito dos melhores surfistas do mundo, com destaque para os que competem do World Tour, a elite mundial.
Entre eles encontra-se Tiago “Saca” Pires (o primeiro e único português a conseguir entrar nesse restrito número de atletas), que em 2009, na primeira edição desta prova, terminou num fantástico terceiro lugar, referente à presença nas meias-finais.
Além de Tiago, competem também nesta etapa atletas como Chris Davidson, Patrick Gudauskas, Brett Simpson, Neco Padaratz, Ben Dunn, Michael Campbell, William Cardoso (campeão da edição de 2009), Heitor Alves, Raoni Monteiro, Chris Ward, Michael Picon, Jay Thompson, Aritz Aranburu, Josh Kerr (todos integrantes ou ex-integrantes do World Tour), ou os jovens prodígios Gabriel Medina, Alejo Muniz, Julian Wilson, Kai Barger e Maxime Huscenot, o campeão mundial Pro Junior em título, entre outros.
Para abrilhantar ainda mais o evento deste ano, o Billabong Azores Islands Pro presented by Nissan 2010 será também a sétima etapa (de nove, no total) do circuito mundial de surf feminino de qualificação, com seis estrelas de pontuação e 35.000 dólares de prize-money.
Uma vez que pode ser uma das últimas grandes oportunidades para as surfistas que correm o circuito de conseguirem pontos importantes, é esperada a presença de todas as melhores surfistas do mundo.
Atletas como Sally Fitzgibbons, Tyler Wright, Laura Enever, Jessi Miley-Dyer, Coco Ho, Alana Blanchard, Bethany Hamilton, Paige Hareb ou Courtney Conlogue lutarão pela vitória, mas também as portuguesas Francisca Pereira dos Santos, Joana Rocha, Carina Duarte ou Ana Sarmento, ao lado das francesas Lee-Ann Curren, Pauline Ado, Justine Dupont ou Cannelle Bulard, a representarem o “Velho Continente”.
“É com muito orgulho e prazer que, juntamente com a USBA, voltamos a trazer para as águas açoreanas uma etapa do circuito mundial de surf da ASP”, afirma Rodrigo Herédia, da organização. “Este ano a responsabildade é acrescida, pois para além da inclusão do surf feminino contamos com uma prova de estatuto máximo (Prime), o que traduz a qualidade e a excelência das ondas, bem como a importância deste arquipélago no panorama surfístico mundial. São atribuídas apenas dez licenças semelhantes no mundo, nomeadamente no Brasil, EUA, Canárias, Austrália, Hawaii e, agora, nos Açores.”
“Este evento desportivo conta com uma forte carga turística e vai ser e trazer uma ajuda importante ao crescimento da economia local, visto ajudar a combater a sazonalidade, uma vez que, posteriormente, os surfistas vão procurar as melhores ondas numa altura do ano em que o turismo é mais fraco (Outono, Inverno e Primavera),” conclui o responsável.
O Billabong Azores Islands Pro presented by Nissan é mais uma vez organizado pela DAAZ Eventos e pela USBA (União de Surfistas e Bodyboarders dos Açores), conta com o patrocínio do Turismo dos Açores, da Billabong e da Nissan Portugal, da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Sumol e TMN, contando ainda com os apoios da SATA, Ericeira Surf Shop, Dakine, RTP Açores, Visão, Antena 3, Record, Go-S.TV, Surf Portugal e Surf Total.
Não perca, entre 10 e 15 de Agosto deste ano, os melhores surfistas do mundo, novamente nas ondas açoreanas. Cá esperamos por si!
Para mais informações à imprensa, contactar:
Puro Feeling – www.purofeeling.com
purofeeling.comunicacao@gmail.com
963726223 917562978
Nota Informativa da União de Surfistas e Bodyboarders dos Açores

Projecto Fit For Surf - Porque estar em forma é fundamental

Fonte e mais informação: Surf Total

sábado, 10 de julho de 2010

Marck "The Bull" Occhilupo vai marcar presença no Azores Island Pro 2010


Este histórico do surf mundial estará nas areias do Monte Verde, para participar no Azores Island Pro 2010, já a partir do próximo dia 10 de Agosto. Será com certeza, uma excelente oportunidade para podermos ver de perto o seu power surf em acção. Occy faz parte do "imaginário" de muitos wave riders, e no meu caso não é excepção, lembro-me bem de à cerca de 17/18 anos comprar as minhas primeiras revistas de surf "Fluir", que chegavam aos Açores, com pelo menos 1 ano de atraso, e ver lá o surf poderoso de Occy. Sem dúvida que vai ser um colosso ver este senhor a "desbravar" as ondas da Costa Norte de São Miguel.

Daniel, Pedrim e Miranda - 3 Bodyboarders Açorianos

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Açores recebem prémio Europeu Quality Coast

"Os Açores receberam este ano o Prémio Quality Coast, um galardão atribuído por um organismo da Comissão Europeia (Coastal & Marine Union), que certifica a qualidade ambiental para um turismo sustentável, foi divulgado esta quarta-feira.
Segundo a Coastal & Marine Union, além dos Açores o prémio europeu para 2010 premiou a Holanda, Croácia e França, depois do júri ter avaliado 20 indicadores, entre os quais a natureza e paisagem, ambiente, herança cultural, a identidade local e segurança.
Para o galardão, que não é atribuído a título definitivo, o júri pondera ainda as certificações ambientais já existentes, por exemplo, a Bandeira Azul (qualidade das águas balneares) e a certificação chave verde para hotéis e acampamentos.
No caso dos Açores, a candidatura ao Prémio Quality Coast foi apresentada pelo Governo Regional, através da secretaria regional do Ambiente e do Mar.
O prémio reconhece assim as regiões pelos seus esforços num turismo sustentável, nas áreas do do ambiente, natureza, paisagem, identidade e património cultural.
A bandeira da Quality Coast vai ser hasteada sexta-feira, pelas 14:30 locais no molho da Marina das Velas, ilha de S. Jorge, uma cerimónia presidida pelo secretário regional do Ambiente e do Mar."
Lusa / AO online

Dane Reynolds no Algarve

Fonte:http://blog.cisurfboards.com

terça-feira, 6 de julho de 2010

Rankings do Circuito do Clube Naval de Ponta Delgada após duas etapas




The Wedge ontem esteve assim...

Wedge July 5th from chris sardelis on Vimeo.

Fonte: www.bodyboardpress.com

Diogo "Garoupa" Medeiros em entrevista

Foto: Diogo a "encaixar" para mais um tubo

Foto de Luís Cunha
É o jovem Açoriano que melhor se tem destacado no panorama nacional e regional do surf competitivo, fazendo já frente a riders com muitos mais anos de surf, como se tem vindo a verificar no actual circuito regional do Clube Naval de Ponta Delgada. O Diogo conta com uma grande margem de progressão para poder evoluir ainda mais o seu surf e, tem reunidas todas as condições para isso. Fiquem a conhecer um pouco melhor deste jovem talento açoriano.
Foto: Diogo a preparar "uma viagem no azul"
Foto de Carlos Duarte
1- Há quanto tempo fazes Surf?
Faço surf desde dos 9 anos de idade, há 7 anos, mas comecei a surfar a serio foi desde dos 13 anos.
2- Quem é que te incentivou para a prática do surf?
Foi principalmente o meu avô e o meu pai, porque a minha família esteve sempre ligada ao mar.
3- Quais foram os teus melhores resultados em competições?
Foi na 1ª etapa nacional de surf de esperanças 2010, fiquei em 3ª lugar e actualmente no ranking estou em 6ª lugar, as outras foram aqui nos Açores que foi na taça usba fui o melhor júnior(sub-16), na 2ª etapa dos inter amigos dos Mosteiros fiquei em 1ªlugar, 6ª etapa Assm 1ª lugar no final do ranking fiquei em 2ª lugar, e na 1ª etapa e 2ª etapa do Clube Naval De Ponta Delgada fiquei em 1ª lugar.
4- Quais os riders regionais, nacionais e internacionais que gostas mais de ver a surfar?
Regionais não tenho muitos, mas gosto de ver o Rigo, Brasa e o meu treinador Xolim, nacional gosto de ver João Guedes, Frederico Morais, Vasco Ribeiro, David Raimundo, Zé Ferreira e muito mais, internacionais gosto de ver o Gabriel Medina, Nicolau Von Rupp, John John Florence, Justin Mujica, Jordy Smith, Dane Reynolds e muitos outros.
5- Que pranchas usas (medidas e características)?
Nesse momento estou a usar uma 5´11 de largura tem 17 3/4 e de grossura tem 21/16 e tenho mais duas pranchas uma 5´8 e 6´10 para ondas grandes marca todas polen(Nuno Cardoso) e são todas quase da mesma largura e grossura porque o meu shaper e treinador acham o melhor para mim.
6- Quais a(s) manobra(s) que gostas mais de fazer?
Rasgadas com muito agua, Cut Backs, 360º, tubos e floaters.
7- Das novas manobras aéreas há alguma que andas a treinar ou a tentar fazer?
Por enquanto ando a treinar com o meu treinador e em free surf também, o aéreo.
8- Quem são os teus patrocinadores?
Por enquanto os meus patrocinadores são:Clube Naval De Ponta Delgada, Surf Shop Espaço Azul, Vans, Polen(Nuno Cardoso) e Demetz.
9 - Tens conseguido conciliar bem o surf com os estudos?
Agora estamos no Verão, mas sim, também tenho explicações...
10 -O que achas dos secret spots? devem ser revelados, ou partilhados apenas com os amigos?
No meu caso acho que devem ser revelados só com os meus amigos, mas mais cedo ou mais tarde vão ser descobertos por isso acho que não vale a pena esconder acho eu...
11- Tens algumas preocupações ecológicas com o meio ambiente? se sim quais?Sim tenho, não deitar lixo para o chão, quando encontro alguma coisa no chão quase sempre pego e vou meter no sitio certo no lixo, andar a pé e avisar as pessoas a não meter lixo para o chão.
12- Qual a tua música favorita para antes e depois do surf?
Tenho tantas, mas antes do surf são:Primal Secream, Pendulum, ladyhawk e depois para relaxar: Bob Marley, Matisyahu, e Patrice.

Foto: Diogo a treinar o seu reportório de manobras aéreas

Foto: Luís Cunha