quarta-feira, 22 de março de 2017

SeaDogs - The Wolfhouse Family True Story

"A short preview of the documentary film "Sea Dogs. The Wolfhouse Family True Story" produced by The Blue Lighthouse Production and Argonet. The film will be presented and aired on april 21th 2017. Sea Dogs is a project to help non-profit organizations as #surf4children involved to approach children with special needs to the sea and surf. Special thanks to everyone who has supported us and contributed to the realization of this project."

segunda-feira, 20 de março de 2017

Açorianidade - Cryptomeria Japonica Bonsai

Foto 1 - Bonsai de Criptoméria Japónica

A "nossa" Criptoméria está em voga, já está certificada, é vendida para o continente, EUA, e para outros países. Pessoalmente já trabalho, como "hobby", com a Criptoméria há muitos anos. Todas as minhas colmeias são feitas desta madeira, por ser leve e por se adaptar muito bem ao nosso clima, existem inclusive,  muitos apicultores do continente que preferem as colmeias feitas de criptoméria em vez das tradicionais colmeias de pinho, pois a redução de peso é bastante evidente, trazendo por si só, claras vantagens.
Mais recentemente fiz uma prancha de surf de criptoméria e fiquei bastante satisfeito com o peso final, pois as pranchas de surf ocas de madeira (Hollow wood surfboards) são significativamente mais pesadas que as tradicionais pranchas de surf de espuma de poliuretano. Nos Açores e no Continente existem já vários "shapers" (construtores de pranchas de surf) que usam a criptoméria como matéria prima, pelas suas óptimas características. 
Uma vertente que ainda não está explorada nos Açores com a "nossa "cryptoméria" são os Bonsais. Com a explosão das Low Cost  e com as centenas de turistas que nos visitam, um Bonsai de Cryptoméria, poderia ser um bom "recuerdo" para alguns turistas levarem dos Açores. Quem sabe num futuro próximo, os Bonsai de Criptoméria não sejam uma boa oportunidade de negócio!

Foto 2 - Bonsai de Criptoméria Japónica



Marca Açores - Cryptoméria

terça-feira, 7 de março de 2017

O Açoriano Pedro Correia com excelente prestação no Havai

O nosso conterrâneo, natural da ilha de São Miguel, Pedro Correia, teve um prestação notável na participação de uma etapa do campeonato do mundo de Bodyboard, que se realizou entre os dias 25 de Fevereiro e 6 de Março, no Havai. Na primeira ronda apanhou de "caras" com o hexacampeão mundial da modalidade, o brasileiro Guilherme Tâmega, e passou em segundo lugar, já nos quartos de final voltou a apanhar dois campeões mundiais Ben Player e novamente Guilherme Tâmega, e o campeão mundial da vertente DropKnee, o consagrado havaiano Dave Hubbard, mesmo assim o Pedrim não deixou os seus créditos por mãos alheias e conseguiu ficar à frente do havaiano, deixando uma marca de grande classe entre as potências mundiais do desporto.
Pedro "Pedrim" Correia



Quartos de final


Nature is always right. Mistakes are made by people


sexta-feira, 3 de março de 2017

Açorianidade - A boina do Corvo

Gonçalo Tocha foi o responsável  por colocar a boina da ilha do Corvo nas capas de jornais e nos media em geral, o realizador de É na Terra não é na Lua, usou a boina do Corvo e esta ficou-lhe como imagem de marca.
Gonçalo Tocha com a boina da Ilha do Corvo
Mais recentemente a jovem atriz Alice Albergaria Borges, desfilou no tapete vermelho do Festival de Cinema de Berlim com saia de folclore micaelense e gorro corvino, segundo notícia do Correio dos Açores (aqui)

Vitorino Nemésio se fosse vivo iria certamente gostar destas manifestações de AÇORIANIDADE.

Mais informações sobre a boina da ilha do Corvo (aqui)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

"Droga é um flagelo em São Miguel"

Pois claro está, sem políticas estruturais nesta área, sem projectos que ocupem os jovens e os apoiem em boas práticas e em hábitos saudáveis o flagelo vai continuar. Que triste realidade a que chegou a nossa terra!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

"Mar sem fim com apoios Açorianos" sem surfistas Açorianos

Parabéns ao micaelense Rui Soares pela excelente fotografia. Pena este projecto Mar Sem Fim que tem tido diversos apoios de empresas Açorianas, desta feita não ter integrado nenhum surfista Açoriano, como se pode constatar pelo texto abaixo, só integraram surfistas continentais e estrangeiros: 
 "Uma expedição realizada aos Açores, no final de janeiro, com Alex Botelho, António Silva, João Guedes e João de Macedo, bem como dois convidados especiais, Eric Rebiere e Sebastian Steudtner, acaba de ver selecionados alguns momentos para os Big Wave Awards que são anualmente empreendidos pela World Surf League. " in Surf Total 
Rider - João Macedo
Foto de Rui Soares