quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

"Açores com previsões de ondas de cinco metros na quarta e na quinta-feira"


Notícia do Açoriano Oriental
"Várias capitanias dos Açores alertaram hoje para um agravamento do estado do mar nos grupos ocidental e central, na quarta e na quinta-feira, com previsão de ondas que podem ultrapassar os cinco metros de altura. 
“A agitação marítima de noroeste pode ultrapassar os cinco metros de altura”, informou, em comunicado, João Mendes Cabeças, capitão dos portos de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, referindo-se às previsões de agravamento do estado do mar nas ilhas Terceira e Graciosa (grupo central).
Também o capitão dos portos de Santa Cruz das Flores e Horta, Rafael Silva, alertou para a possibilidade de agravamento do estado do mar, no grupo ocidental (Flores e Corvo) e nas restantes ilhas do grupo central (Faial, Pico e São Jorge).
“No grupo ocidental (…), a ondulação, de nornoroeste, poderá ultrapassar os quatro metros de altura significativa no final do dia 17 e nas primeiras horas do dia 18”, apontou.
Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), esperam-se na quarta-feira ondas “de dois a três metros, aumentando para três a cinco metros”, em todas as ilhas dos Açores, de noroeste, no grupo ocidental, de norte/noroeste, no grupo central, e de norte, no grupo oriental (São Miguel e Santa Maria).
A previsão do IPMA para quinta-feira aponta para ondas de norte de três a quatro metros, diminuindo para dois, no grupo ocidental, e para ondas de norte de três a cinco metros, diminuindo para dois a três metros, nas restantes ilhas.
Os capitães dos portos de Angra do Heroísmo, Praia da Vitória, Santa Cruz das Flores e Horta recomendam a adoção de medidas de precaução à comunidade marítima e à população em geral, como “o reforço das amarrações das embarcações e a sua vigilância, sobretudo nas zonas mais expostas”.
As capitanias aconselham ainda que se evitem “passeios junto da orla costeira, próximo da linha de água, em particular nos molhes, piscinas naturais e zonas balneares”."

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Trás uma flor e junta-te a esta homenagem à Tânia Oliveira

☆ HOMENAGEM À TÂNIA ☆
06.01.2018 - praia do Pópulo


"Hoje somos dor, lágrimas e saudade.
Connosco, ficam as lembranças da tua alegria, sorriso, garra e energia. Em cada onda nos reencontraremos porque o mar é agora a tua casa. 
A grande família que se uniu neste momento tão difícil, nunca te esquecerá. Até sempre. ♡

No próximo dia 06 de Janeiro faremos uma homenagem à Tânia na Praia Grande do Pópulo, pelas 11.00am. O encontro destina-se a todos os amigos, para nos juntarmos na água e dizermos um último adeus. Tragam as vossas pranchas e nós teremos também para quem não tiver. Partilhem." via Santa Bárbara Surf School Azores

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

"Faleceu a jovem surfista açoriana Tânia Oliveira"

A surfista açoriana, Tânia Oliveira, faleceu ontem, aos vinte anos, no interior de uma casa em Ponta Delgada, fruto de uma circunstância que alegadamente envolveu a inalação de monóxido de carbono.


"Não são conhecidos mais pormenores sobre a morte da jovem micaelense, mas, ao que apurou este jornal, a Polícia Judiciária está já a investigar o caso.
Tânia Oliveira foi campeã invicta em todas as categorias que disputou a nível regional e sagrou-se vice-campeã nacional, em 2015 . Em 2016, a surfista recebeu o 'wildcard' - tendo tido a oportunidade de participar no Azores Airlines Pro - e mais recentemente ocupou o vigésimo lugar da Liga MEO Surf 2017 
Além de ter sido uma porta-estandarte do surf feminino açoriano, a jovem micaelense foi atleta de alta competição de ginástica aeróbica.
A Federação Portuguesa de Surf já lamentou a morte da açoriana, "uma das mais promissoras surfistas" nacionais, pode ler-se na mensagem deixada na respetiva página do Facebook.
O corpo de Tânia Oliveira vai estar em câmara-ardente, a partir das 19h00, desta terça-feira, na capela do Cemitério de São Joaquim (entrada norte), estando a missa de corpo presente agendada para amanhã, às 11h00, no mesmo local. "

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Limoncello


Limoncello is a short surf film featuring Nathan Adams riding his 9'9 Lumberjack by Almond Surfboards. The Lumberjack is our classic beach-break noserider, and few people show the potential of traditionally-influenced surf craft better than Nate.
Creative collaboration between Nathan Adams and Tom Green.
Camera/Edit: Thomas H. Green

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Fins and Strings - Episode 2 - youtube killed the radio star


"The surf videos and DVD's we watched over and over became the soundtrack to our lives. For Mr B this project is all about reconnecting with the music as we used to. The story and the song continues...
Tickets to the Princess Pavilion performance on Friday the 27th October:

Produced by Mr B Productions - mrbproductions.co.uk
Film and Edit - Mr B
Additional Footage - Nikki Kershaw, Ben Howard, Sharpy, Chris Levi, Jason Yeoman, Sam Buckle
Starring - Alan Stokes, Wille Edwards, Andrew Naumann, Mr B (and Sam Ratcliffe on longboard)
Music - 'Still Go Marching In' by Wille and the Bandits & 'Intro Music' by Wille Edwards
Music and video clips from many great surf videos"

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Waxhead Diaries 1966 Keyo

"Filmed at Crescent Head during the 2017 National Old Mal Titles.
1st place 1963-1967 division.

Shaped and designed in my local area by Bob Mctavish under the Keyo label. Sanded by Bryan Hughes, glassed by John Mantle in 1966. A very special surfboard shaped at the tail end of the traditional longboard era.
By 1965, the classic Californian style of surfing including nose rides, soul arches, drop knee turns were being mixed with tighter, more involved positioning of manoeuvres in and around the pocket of the wave. Footwork and finesse was slowly giving way to critical manoeuvres with power and speed becoming the emphasis. This short period was labelled 'The involvement era'.
In the months following this specific surfboards production, a handful of shapers based on the Northern Beaches of Sydney began cutting down the length and widening the tail of their models... this gave way to the Plastic Machine design by McTavish and these shorter boards with radical Vee Bottoms were to change surfing forever"
Footage: Gary Mcevoy