domingo, 6 de março de 2011

A organização SOS Salvem o Surf fez uma proposta no sentido de beneficiar todas as comunidades no assunto “Rabo de Peixe”.


"No documento que podes consultar ao clicar no link que está no final desta notícia, a organização SOS Salvem o Surf propõe uma correcção amiga do ambiente, para beneficio não só de todos os praticantes de desportos de ondas, bem como da comunidade piscatória local, num projecto costeiro que desde o início teve um grande impacto na paisagem e um enorme impacto negativo no Surf.
Este documento mostra também a competência da S.O.S. em engenharia e ciência costeira e o empenho da organização em resolver de uma forma não radical os problemas da nossa costa.
A baía de Rabo de Peixe incluía a mais valiosa onda para os surfistas (shortboard, bodyboard, longboard, etc) do Arquipélago dos Açores, pois era uma onda de qualidade mundial, a melhor da Ilha de São Miguel e ainda de fácil acesso tanto por muitos habitantes como por muitos turistas. Essa onda seria uma forte candidata a reserva mundial de Surf... mas já se perdeu há cerca de uma década.
Agora uma outra onda vizinha está em perigo com o projecto de um novo molhe, criando assim novas preocupações a todos os amantes de Surf, incluindo muitos turistas.
Presentemente, a S.O.S. está empenhada noutros estudos para as outras ondas em perigo em Portugal, que eventualmente também virá a publicar."

Vejam o projecto do SOS SALVEM O SURF AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário

Por opção editorial, o exercício da liberdade de expressão é permitido, excluindo,todos os comentários anónimos com linguagem inapropriada, considerada abusiva, que serão imediatamente apagados. Nas caixas de comentários abertas ao público disponibilizadas pelo Wave Riders Açores em www.waveridersacores.com. Os textos aí escritos podem, por vezes, ter um conteúdo susceptível de ferir o código moral ou ético de alguns leitores, pelo que o Wave Riders Açores não recomenda a sua leitura a menores ou a pessoas mais sensíveis.

As opiniões, informações, argumentações e linguagem utilizadas pelos comentadores desse espaço não refletem, de algum modo, a linha editorial ou o trabalho do Wave Riders Açores.

O Wave Riders Açores reserva-se o direito de proceder judicialmente ou de fornecer às autoridades informações que permitam a identificação de quem use as caixas de comentários em www.waveridersacores.com para cometer ou incentivar atos considerados criminosos pela Lei Portuguesa, nomeadamente injúrias, difamações, apelo à violência, desrespeito pelos símbolos nacionais, promoção do racismo, xenofobia e homofobia ou quaisquer outros.