sexta-feira, 28 de março de 2014

Mar sem fim

Não tenho nada contra os surfistas que vão participar neste evento, agora o que não me agrada minimamente é o facto das ondas açorianas, que tem sido discretamente preservadas desde os primeiros surfistas açorianos, possam vir agora a ser devassadas e reveladas, para o gáudio, endeusamento e idolatria de alguns destes surfistas. Quanto ao argumento utilizado por alguns "iluminados" de que "as ondas que vão surfar ninguém as surfa" é pobre e ignorante, revelador de um desconhecimento do wave riding açoriano, temos vários wave riders açorianos, em várias ilhas que surfam ondas com mais de 5/6 metros , só não surfam mais vezes porque não têm ainda toda a logistica (e.g. jet-skis, etc). Sinceramente , revolve-me as tripas e as entranhas, saber que em revistas nacionais da especialidade, já aparecerem spots como o "pico da ganza" (ou como a geração mais nova chama "O cantinho") a serem referidos como spots que foram surfados pela primeira vez pelos "hot shots" que estão na fotografia, ou outros secrets spots que já são surfados desde o inicio dos anos 80, e que aparecem como ondas que foram desbravadas pela primeira vez! Meus amigos do mar tenham respeito, informem-se, não façam figuras de parvos e ignorantes! Se gostam de ter os vossos secret spot nas vossas terras, nós por cá também gostamos! RESPEITEM E SERÃO RESPEITADOS!
 

Notícia publicada no Correio dos Açores de 26/03/2014


Sem comentários:

Publicar um comentário

Por opção editorial, o exercício da liberdade de expressão é permitido, excluindo,todos os comentários anónimos com linguagem inapropriada, considerada abusiva, que serão imediatamente apagados. Nas caixas de comentários abertas ao público disponibilizadas pelo Wave Riders Açores em www.waveridersacores.com. Os textos aí escritos podem, por vezes, ter um conteúdo susceptível de ferir o código moral ou ético de alguns leitores, pelo que o Wave Riders Açores não recomenda a sua leitura a menores ou a pessoas mais sensíveis.

As opiniões, informações, argumentações e linguagem utilizadas pelos comentadores desse espaço não refletem, de algum modo, a linha editorial ou o trabalho do Wave Riders Açores.

O Wave Riders Açores reserva-se o direito de proceder judicialmente ou de fornecer às autoridades informações que permitam a identificação de quem use as caixas de comentários em www.waveridersacores.com para cometer ou incentivar atos considerados criminosos pela Lei Portuguesa, nomeadamente injúrias, difamações, apelo à violência, desrespeito pelos símbolos nacionais, promoção do racismo, xenofobia e homofobia ou quaisquer outros.