terça-feira, 25 de março de 2014

Açores vão estrear-se a receber travessia de "stand up paddle" em julho

Notícia do Açoriano Oriental online
"Os Açores vão acolher pela primeira vez uma prova de travessia "stand up paddle", a 12 de julho, em águas abertas, entre as ilhas São Jorge e Pico, anunciou a organização. 
 
Em declarações à Lusa, João Marques, promotor local da competição de “stand up paddle”, ou seja, surf auxiliado com remo, explicou que os 19 quilómetros de prova que vão ligar os concelhos de Velas e São Roque do Pico tornam-na "única".
"É um evento único porque há uma prova de águas abertas bastante conhecida, no Havai, mas, mesmo a nível internacional, esta prova vai posicionar-se como uma das melhores a nível do Mundo", disse.
A "São Jorge 2 Pico - SUP Channel Crossing", já inscrita na Federação Portuguesa de Surf com um 'prize money' de 2.500 euros, é uma prova da International Organization Stand Up Paddle (IOSUP), que a classificou com três estrelas.

"Mal contactámos a IOPSU para calendarizar e reconhecer a prova, atribuíram-lhe logo três estrelas, o que é muito bom, quando a nota máxima, como na mais conhecida prova havaiana, tem sete estrelas e muitas das provas no continente europeu e americano apenas têm duas estrelas", salientou João Marques.
O organizador explicou tratar-se de uma modalidade que, embora sem campeonato oficial organizado e "a dar os primeiros passos" no país, "está a ser bastante divulgada", sobretudo no continente americano e em alguns países europeus, juntando desporto e lazer.
"É um desporto supercompleto, trabalha músculos e, depois, no fundo, ajuda-nos a aliviar o 'stress'", contou, explicando que a prova de 'stand up paddle' (SUP), de tradução "remar em pé", usa equipamentos similares ao do 'surf', em que os praticantes recorrem a pranchas mais estreitas, mas maiores, que podem atingir os quatro metros de comprimento e pagaias ajudar na remada no mar.
O organizador da prova açoriana recordou que a última prova de SUP em águas abertas, em 2013 no Havai, juntou 186 participantes, antevendo uma "boa adesão" à competição açoriana devido à "posição geográfica estratégica" do arquipélago.
"Os Açores, devido à sua posição geográfica, são estratégicos e vão cativar certamente muitos participantes a nível internacional espalhados pelos quatro cantos do mundo", disse.
As inscrições para o "São Jorge 2 Pico- SUP Channel Crossing" vão abrir em abril, contando a prova com a coorganização da Titan e com o apoio das autarquias e clubes navais de Velas e São Roque do Pico, do Turismo dos Açores e da Marinha Portuguesa."

Sem comentários:

Publicar um comentário

Por opção editorial, o exercício da liberdade de expressão é permitido, excluindo,todos os comentários anónimos com linguagem inapropriada, considerada abusiva, que serão imediatamente apagados. Nas caixas de comentários abertas ao público disponibilizadas pelo Wave Riders Açores em www.waveridersacores.com. Os textos aí escritos podem, por vezes, ter um conteúdo susceptível de ferir o código moral ou ético de alguns leitores, pelo que o Wave Riders Açores não recomenda a sua leitura a menores ou a pessoas mais sensíveis.

As opiniões, informações, argumentações e linguagem utilizadas pelos comentadores desse espaço não refletem, de algum modo, a linha editorial ou o trabalho do Wave Riders Açores.

O Wave Riders Açores reserva-se o direito de proceder judicialmente ou de fornecer às autoridades informações que permitam a identificação de quem use as caixas de comentários em www.waveridersacores.com para cometer ou incentivar atos considerados criminosos pela Lei Portuguesa, nomeadamente injúrias, difamações, apelo à violência, desrespeito pelos símbolos nacionais, promoção do racismo, xenofobia e homofobia ou quaisquer outros.